Confira três opções para inovar a cerimônia de casamento

Confira três opções para inovar a cerimônia de casamento

Casais que possuem religiões diferentes ou simplesmente não possuem religião sempre estão a procura de uma forma de abençoar o casamento. Se você se enquadra nesse perfil, confira cerimônias que fogem do padrão e que deixam seu casamento ainda mais representativo.

Umas das grandes dificuldades dos casais que possuem religiões diferentes ou simplesmente não possuem religião é a forma como vão abençoar e celebrar o casamento. Há quem opte por chamar o juiz de paz e realizar uma cerimônia mais neutra, mas em contra partida, existem casais que querem inovar e trazer ainda mais simbolismo para esse momento tão especial.

E é ai, nesse 2º grupo que surgem os desafios. Afinal, aonde esses casais podem procurar por cerimônias que transmitam a personalidade e o sentimento de ambos? Quais os tipos de cerimônias que existem para esse público?

Percebendo a deficiência do mercado em atender esse nicho, empresas especializadas em casamento, como a Casamento Ecumênico, resolveu inovar e apostar em cerimônias inter religiosas (todas as religiões) e ecumênicas (todas as religiões cristãs).

“A ideia de apostar e oferecer aos noivos novos modelos de cerimônia surgiu há oito anos, em meio a observação de três graves deficiências: primeiro: o mercado deve atender as pessoas independente de religião; segundo: esse momento não pode ser mecanizado, ele deve ser dotado de simbolismo e ilustração; e terceiro: que as pessoas vivenciem a emoção do que os casais estão prometendo”, ressalta Liz Ribeiro, gerente da Casamento Ecumênico.

Após detectar esses problemas, a Casamento Ecumênico começou  a importar três tipos de cerimônias: a das areais, da rosa e das taças. Segundo Liz, as cerimônias diferenciadas podem ser adicionadas tanto na celebração ecumênica como na inter religiosa, elas são simbólicas e não agridem nenhuma religião. “A intenção de realizar essas cerimônias é de prender a atenção dos convidados, até porque é algo novo e que dependendo da celebração pede a participação das pessoas que compõem o altar”, explica.

 

Conheça três tipos de cerimônias

 

Cerimônia das areias: Representa a união das duas famílias, a forma original é quando o noivo escolhe uma cor de areia e a noiva escolhe outra cor, e juntam dentro de um vaso. Segundo Liz, no momento da junção das areias o celebrante explica que elas representam quem eles foram, quem eles são, quem eles serão, que a partir desse momento eles fazem parte de uma mesma família, e que o amor deles seja como as areias, que depois de juntas ninguém separa.

Apesar dessa ser a forma original, importada dos Estados Unidos, Liz afirma que a forma mais utilizada no Brasil conta com a participação dos pais e padrinhos. “No momento do ritual, eles são convidados a colocarem  areia no vaso dos noivos, ressaltando a importância dos pais e padrinhos na vida do casal”, explica a gerente.

areias

Cerimônia da rosa: É uma troca de votos personalizada, em que o noivo promete para a noiva que em todo aniversário de casamento ele dará uma rosa para ela, e ela promete ao noivo colocar a rosa num solitário com água. Segundo Liz, devido a água representar a vida, a noiva é convidada a falar que assim como a rosa não pode sobreviver sem água, ela não sobreviverá sem ele.

rosas

Cerimônia das taças: São deixadas duas taças sob o altar, uma com bebida amarga e outra com bebida doce. No momento do ritual o celebrante entrega para o casal a taça com a bebida amarga e explica que essa bebida representa os momentos difíceis da vida a dois.

Em seguida, o celebrante entrega a bebida doce que representa a felicidade, a fartura física, mental e espiritual e deseja que eles sempre compartilhem a doçura da vida.

taças

Gostou das cerimônias? Agora é só conversar com seu noivo e decidir qual delas tem mais a ver com vocês!

Casamento

 

                 

  -

Deixe um comentário


1