Espaço coworking: será o fim dos escritórios formais?

Espaço coworking: será o fim dos escritórios formais?

Será que o espaço coworking está substituindo escritórios tradicionais? Sabe-se que os este sistema de trabalho é multifacetados e os
espaços podem ser alugados pelos profissionais para que  desempenhem suas funções, possibilitando um mundo de descobertas e networking.

É um profissional autônomo? Freelancer? Trabalha em casa? Sua empresa é pequena? Que tal se mudar para um espaço coworking? Trabalhar com várias pessoas diferentes e de áreas distintas, aumenta sua rede de contatos e fomenta o tão almejado networking. Em um espaço co-working há a possibilidade de interagir com várias outras pessoas, de outras profissões e empresas, conhecer startups novas e fechar mútuas parcerias, o que dentro de um escritório (ou mesmo em home office) se torna pouco mais inviável.

O primeiro espaço coworking foi criado pelo americano Brad Neuberg, em 2005, quando dividiu seu próprio apartamento com outros amigos, disponibilizando o espaço para eles trabalharem. No Brasil, atualmente, são milhares de espaços semelhantes espalhados pelo país.

“O coworking é uma parte integral de uma mudança no jeito como pensamos o trabalho. Assim como o século XX foi caracterizado por uma mudança para fora das fábricas e fazendas e para dentro dos escritórios, esse século nos verá mudando do escritório que conhecemos para os mais variados tipos de ambientes“, explicou o criador do New York City Coworking, em Manhattan, Tony Bacigalupo, em entrevista ao programa ‘Pequenas Empresas, Grandes Negócios’.

Estrutura de espaço CoWorking

Business colleagues working on project in office

Uma das tantas vantagens de se trabalhar em espaço coworking é a de poder desfrutar da estrutura, sem se preocupar com a manutenção dela. As chamadas comunidades colaborativas possuem internet de grande velocidade, áreas de recreação com tv, vídeo games e jogos e café quentinho a todo o momento, além de salas de reuniões e o espaço ideal para trabalhar.

Fim dos escritórios normais?

Provavelmente não, já que este o coworking não se aplica a todas as empresas. Mesmo quebrando as amarras de um escritório normal e proporcionando mais liberdade e interação, (o que faz com que o funcionário geração Y trabalhe melhor), as grandes empresas sofreriam com esse tipo de escritório por uma questão de logística.

Hallway discussion with colleagues by staircase.

É inviável segmentar departamentos em vários espaços coworking diferentes por questão de comunicação. Por mais que as redes sociais e programas internos de comunicação existam, a interação pessoal é importante para o sucesso de grandes empresas.

Seu perfil se encaixa aos dos profissionais citados e acha que trabalhar em um espaço coworking pode ser favorável ao seu negócio? Clique aqui e encontre o escritório colaborativo que mais lhe agrada!

                 

Equipe Buscaespaço  -


1